quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Misteriosos turbilhões de água se juntam no oceano com força incrível



Em mares do sul, estranhos redemoinhos oceânicos podem medir quase 100 km e movem-se a uma velocidade muito maior do que a dos turbilhões comuns.
Os cientistas britânicos descobriram recentemente uma série de estranhos turbilhões de água nos mares da Austrália e da África do Sul ao examinar imagens correspondentes recebidas através de satélites nos últimos 25 anos.
O mais curioso do fenómeno é que os redemoinhos se movem a uma grande velocidade e se estendem por dezenas de quilómetros, informa o jornal Popular Science
Segundo descobriram os investigadores, estes turbilhões de água podem atingir o tamanho de quase 100 km. Ao mesmo tempo, acredita-se que podem surgir por junção de dois redemoinhos e consequentemente estenderem-se. São capazes de se deslocarem a uma velocidade entre 8 e 16 km, em comparação com a velocidade de 2 km que costumam atingir os turbilhões comuns.
"Quando alcançam uma certa força, começam espontaneamente a mover e transformar-se em turbilhões", explicou Chris Hughes, oceanógrafo da Universidade de Liverpool (Inglaterra). 
Estes turbilhões duplos, que são criados pela turbulência dos correntes oceânicas, realizam uma função muito importante de misturar água e nutrientes de diferentes zonas e transportá-los a quilómetros de distância.
Por outro lado, estão ligados sob a água por um vórtice em forma de "U" e absorvem pequenos animais marinhos que são deslocados a grandes distâncias.
Ao observar as imagens de satélites que mostram a superfície do oceano de todo o mundo, tentado entender melhor esse fenómeno, os investigadores determinaram os seguintes passos: revelar a origem da formação e saber a razão do seu comportamento.
Fonte: Sputnik News

Sem comentários:

Enviar um comentário