Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2018

Agentes de navegação exigem investimentos nos portos nacionais

Imagem
Rui d'Orey, presidente reeleito da Agepor defendeu que "depois das condições económicas e financeiras da indústria [de transportes marítimos] terem ditado um processo de concentração, será a revolução digital a forçar os próximos passos".

O presidente reeleito da Direcção nacional da Agepor – Associação dos Agentes de Navegação de Portugal, Rui d’Orey, exigiu “a concretização de investimento nos portos portugueses”. Num almoço de tomada de posse para um novo mandato de três anos à frente da Agepor, que teve lugar em Lisboa, Rui d’Orey assegurou que “estamos alinhados na estratégia que concorre para o investimento nos portos”, porque “só assim se podem continuar a receber os navios cada vez maiores que são colocados nos serviços, só assim se pode fazer parte das cadeias logísticas mais eficazes, só assim seremos capazes de atrair para Portugal investimento e conectividade, só assim iremos melhorar a competitividade externa, a competitividade das nossas exportações e só assi…

O fundo do oceano está a afundar-se (e a culpa é do aquecimento global)

Imagem
O excesso de água que está a inundar os oceanos, devido ao aquecimento global que está a apressar o derretimento de camadas de gelo e glaciares, está a pressionar o fundo do mar, fazendo com que este afunde. A conclusão é de um novo estudo feito por investigadores da Universidade de Tecnologia de Delft, na Holanda, e da Universidade da Tasmânia, em Hobart, na Austrália, que foi publicado no Geophysical Research Letters. Os cientistas concluíram que o peso adicional da água derretida das camadas de gelo e de glaciares que está a inundar os oceanos da Terra, em consequência das mudanças climáticas e do aquecimento global, está a pressionar o fundo do mar, levando-o a afundar. Desta forma, as estimativas que têm sido feitas desde 1993, com as previsões quanto ao aumento do nível do mar, podem estar incorrectas, medindo por baixo este volume devido a esse recuo do fundo do mar. A investigação debruçou-se sobre como a forma do fundo do mar pode ter mudado entre 1993 e 2014, considerando a quan…

Portugal vai integrar painel internacional para a economia sustentável dos oceanos

Imagem
Portugal vai participar no painel internacional para a economia sustentável dos oceanos, iniciativa política impulsionada pela Noruega e lançada esta quinta-feira em Davos.

Portugal vai participar no painel internacional para a economia sustentável dos oceanos, iniciativa política impulsionada pela Noruega e que juntará países costeiros de vários continentes, disse esta quinta-feira à agência Lusa fonte do executivo português. A mesma fonte adiantou que o primeiro-ministro, António Costa, aceitou o convite feito pela sua homóloga norueguesa, Erna Solberg, para participar neste painel internacional que reunirá chefes de Governo e de Estado de diversos países e cujo lançamento é feito esta quinta-feira em Davos, durante o Fórum Económico Mundial. Além da Noruega e de Portugal, este painel terá a participação de países como a Austrália, México, Japão, Gana, Guiné-Conacri, Namíbia, Indonésia, Fiji e Jamaica. A economia sustentável dos oceanos é um dos temas que está na agenda de António Cost…

Mergulhadores descobrem maior caverna subaquática do mundo

Imagem
Na exploração de novos lugares do planeta, a sabedoria popular recomenda "mergulhar fundo", mas o conselho raramente é recebido à letra. Desta vez foi: uma equipa de mergulhadores descobriu na parte leste do México uma caverna subaquática considerada a mais longa do mundo, a apenas cinco quilómetros a oeste das praias de areias brancas de Tulum.
As descobertas confirmam que o vasto Sac Actun, um sistema de cenotes naturais inundados com 263 quilómetros de extensão, está na verdade ligado ao sistema perto de Dos Ojos, de 83 quilómetros de extensão, elevando o comprimento total das cavernas a 347 sinuosos quilómetros. O tamanho é maior do que a altura combinada de 24 Montes Everest empilhados. O labirinto de cavernas também se estende para baixo, até uma profundidade de mais de 100 metros, o que torna a profundidade de algumas partes maior do que a altura do Big Ben, em Londres.
Mais emocionante do que as fotografias subterrâneas feitas nas cavernas, que parecem de outro mundo, …

Leito dos oceanos pode estar afundando

Imagem
O aumento do nível da água nos oceanos pode ser realmente mais significativo e ter mais efeito do que pensávamos antes. O solo dos nossos oceanos está afundando pouco a pouco devido à crescente pressão causada pelo aumento do nível das águas sobre o fundo, revela um novo estudo científico. Os cientistas que realizaram a investigação asseguram que o efeito que causa o aumento da temperatura das águas é subestimado. Na sua opinião, o degelo não só aumenta o nível do mar, mas também provoca o afundamento do leito marítimo. Em outras palavras, os investigadores confirmam que, para medir correctamente o aumento de água nos oceanos, é necessário prestar atenção não apenas "por cima" (ou seja, estimar o aumento do nível do mar), mas também "por baixo" (medir quanto o fundo desce). "As mudanças na distribuição de água aumentam a massa total do oceano e provocam o seu afundamento — um fenómeno conhecido como deformação elástica. Devido à alteração no equilíbrio entre a mas…

Trump quer abrir todos os oceanos nos EUA à exploração petrolífera

Imagem
A Administração Trump propôs a abertura de quase todas as suas águas territoriais à exploração de gás e petróleo, ignorando protecções ambientais nos oceanos Árctico, Atlântico e Pacífico.
A opção de expandir a produção de energia nos EUA enfrenta objecções de ambientalistas, autoridades estatais e de alguns grupos empresariais, preocupados com derrames e com o potencial impacto sobre o turismo nas zonas costeiras.
O secretário do Interior, Ryan Zinke, disse que o Programa de Exploração de Petróleo e Gás na Plataforma Continental Exterior Nacional de 2019 a 2024 irá permitir que mais de 90% da área da plataforma continental exterior esteja disponível para exploração, incluindo áreas que tinham sido protegidas pela Administração Obama.
“Queremos fazer crescer a nossa indústria energética nacional offshore, em vez de perdermos lentamente capacidade para o estrangeiro”, afirmou Zinke, enquanto apresentava parte do programa da Administração Trump “Domínio Energético Americano”.
O Departamento…

Os Polvos estão a tomar conta dos Oceanos

Imagem
Desde os anos 50 do século passado que a população de cefalópodes (polvos, lulas e chocos) tem vindo a crescer drasticamente nos Oceanos globais, avança um estudo publicado no jornal Current Biology, e ninguém – ou melhor, nenhum cientista – sabe ao certo porquê. Desenvolvido por um grupo de investigadores da Universidade de Adelaide, o estudo acaba por afirmar que uma mistura entre efeitos das alterações climáticas, sobrepesca e acidificação do Oceano tem causado o aumento do número de muitas espécies de peixes e crustáceos. Ainda assim, os cientistas arriscaram uma explicação: o que está a causar a proliferação destas criaturas tentaculares é o facto de os humanos estarem a caçar muitos dos predadores que, normalmente, competem com os crustáceos pelo mesmo tipo de alimentos. Por outro lado, estas criaturas também estarão melhor equipadas para lidar com o aumento das temperaturas do mar que outros animais marinhos. “Os cefalópodes podem expandir-se rapidamente – são chamados as ervas da…

Maior travessia sobre o Mar do mundo vai ligar Hong Kong a Macau

Imagem
A Ponte Hong Kong–Zhuhai–Macau é, apesar do que indica o nome, mais do que uma ponte: a travessia que une as pontas do Delta é constituída ainda por um túnel submarino e ilhas artificiais.

55 quilómetros de comprimento, 400 mil toneladas de metal e 16 mil milhões de euros: são estes os números que melhor descrevem a grandiosidade daquela que será a maior travessia sobre o mar do mundo. A construção vai ligar Hong Kong, Zhuhai e Macau, no Delta do Rio das Pérolas, região que conta ainda com as cidades de Guangzhou e Shenzen — uma espécie de Sillicon Valley chinês — e onde, ao todo, vivem cerca de 60 milhões de pessoas. A travessia sobre o Mar da China meridional, onde desagua o Rio das Pérolas, é constituída por três pontes suspensas, um túnel submarino e duas ilhas artificiais. O objectivo é impulsionar a economia da região, que é responsável por 9,1% do PIB chinês e por 26% das exportações. A construção vai permitir ligar as três cidades em 45 minutos, algo que demora agora entre 60 a 7…

Economia do mar depende de capital humano qualificado

Imagem
O sector já emprega cerca de 160 mil portugueses, mas barómetro da PwC defende maior aposta na qualificação do capital humano de forma a melhorar a eficiência e produtividade.
Apesar da crise, a economia do mar foi resiliente e conseguiu «resistir bem» aos tempos mais turbulentos. E isso é visível pelo crescimento contínuo das exportações na fileira alimentar do mar, pelo número de turistas – que utilizam as nossas praias e viajam em transportes marítimos – e pela carga nos portos nacionais. «As evidências que o LEME tem reportado ao longo dos seus oito anos de existência são claras no que se refere à grande resiliência da economia do mar como um todo. Ou seja, nos picos da crise a economia do mar aguentou-se e quando a crise abrandou a economia do mar cresceu. Neste contexto, a evolução geral da economia do mar é positiva», revela a 8.ª edição do estudo LEME – Barómetro PwC da Economia do Mar, apresentado esta semana em Lisboa. Ainda assim, Miguel Marques, partner da consultora, acredi…

Terminal XXI entrou com novo horário

Imagem
O ano de 2018 no Terminal XXI iniciou com a implementação de um novo horário de trabalho. O novo horário de trabalho, que envolveu um braço de ferro entre a PSA ( a concessionária do Terminal XXI) e o Sindicato XXI ( O mais representativo dentro do Terminal XXI ), culminou com uma assinatura de um acordo que previa a implementação de um novo horário de trabalho, ( abaixo das 40 horas semanais), a constituição de uma quinta equipa, a formação dos trabalhadores para novas funções e a contratação de mais de uma centena de novos elementos. 




Hugo Vau surfou "Bomba" na Nazaré "Diferente de todas as outras"

Imagem
O surfista português Hugo Vau recordou  a 'bomba' que surfou na quarta-feira na Praia do Norte, na Nazaré, distinguindo-a pela "velocidade impressionante" e pela "descida interminável".

"Esta sim, foi diferente de todas as outras ondas e tinha um tamanho acima da média da Praia do Norte. Estávamos à espera há sete anos de uma onda destas e esta rebentou de uma forma muito poderosa, muito agressiva e muitos dos presentes disseram que nunca tinham visto nenhuma deste tamanho", explicou Hugo Vau, em declarações à Lusa.


Perante a possibilidade de esta ter sido a maior onda já surfada no local, o surfista escusou-se a quantificar, remetendo esta avaliação para as entidades especializadas: "Naturalmente esta onda está entre as candidatas aos prémios XXL [para ondas gigantes], que tem um comité de avaliação".
Em 1 de novembro de 2011, o norte-americano Garrett McNamara surfou na Praia do Norte uma onda com uma altura estimada de 23,77 metros, o q…

Jorge d’Almeida: «Se tudo funcionasse tão bem como o sistema portuário…»

Imagem
Na sessão de apresentação da 8.ª edição do LEME – Barómetro da PwC para a Economia do Mar, liderada ontem por Miguel Marques (PwC) no Pavilhão do Conhecimento, Jorge d’Almeida foi uma das ilustres personalidades ligadas ao mar a ter oportunidade de dar o seu ponto de vista sobre a forma como vê a evolução da Economia do Mar em Portugal. Desafiado a tecer alguns comentários sobre as áreas que tão bem domina – o shipping e os portos -, Jorge d’Almeida defendeu que uma das grandes oportunidades para o nosso país passa por criar um hub de referência do shipping mundial. «As empresas não têm de estar onde estão os navios», vinca Jorge d’Almeida, lembrando que devemos potenciar Portugal nesta área, não só pela sua ligação ao mar mas também por ser um «sítio agradável para viver» ou por ter «custos muito competitivos». «O principal entrave é mesmo a barreira fiscal, mas penso que estamos finalmente a resolver isso», acrescentou ainda o especialista. Ora, Miguel Marques (PwC) aproveitou a intro…

Falta de financiamento trava Economia do Mar

Imagem
A PwC divulgou um estudo onde destaca o atraso no desenvolvimento da economia do mar, derivado da falta de financiamento. Ainda assim, actividades do mar continuam em crescimento.
A economia do mar parece estar a passar por maus momentos,com asactividades ligadas ao mar a caírem há dois anos consecutivos, revela um estudo divulgado esta quinta-feira pela PwC. Uma quebra que pode ser justificada pelafalta de conhecimento dessas áreas e, consequentemente, pela falta de financiamento. Ainda assim, os inquiridos considera que o mar português tem “boa qualidade ambiental”. No estudo da PwC — “LEME – Barómetro PWC da Economia do Mar” –, há um problema por combater: o atraso no desenvolvimento da economia do mar. Contrariamente às restantes variáveis analisadas no estudo, este tema é o único que não regista uma evolução positiva no seu crescimento, estando em queda há dois anos consecutivos. Este desempenho pode ser justificado pela falta de financiamento na actividades do mar, como explica Jo…