Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2016

Interdita a apanha e captura de bivalves em Portugal

Imagem
Foi no dia mundial dos oceanos que o IPMA lançou um alerta temporário em relação à apanha e captura de bivalves na nossa costa, devido ao excesso de poluição. Devido à presença de fitoplâncton produtor de toxinas marinhas ou de níveis de toxinas ou de contaminação microbiológica acima dos valores regulamentares* estão reclassificadas temporariamente e/ou interditas temporariamente a apanha e captura, com vista à comercialização e consumo, as espécies de bivalves provenientes das seguintes zonas de produção: consultar lista aqui. O IPMA informa que as interdições de captura dos bivalves por toxinas marinhas aplicam-se ao público, mariscadores profissionais e amadores, independentemente do processo de captura. A ingestão de bivalves contaminados por toxinas marinhas pode causar graves problemas de saúde.Para mais informações podem consultar o site do IPMA | Imagem: Mapio



Ilhas Selvagens, um dos últimos lugares (quase) intactos dos oceanos

Imagem
A National Geographic Society visitou as Selvagens, o ponto mais a sul de Portugal. Fez um relatório científico e um documentário da expedição. Mostrar a beleza destas ilhas e sensibilizar para sua protecção são os objectivos.

As Selvagens, duas pequenas ilhas do arquipélago da Madeira, receberam a visita do projecto Mares Pristinos da National Geographic Society, em Setembro de 2015. Durante dez dias, uma equipa de cientistas (que incluiu o biólogo marinho português Emanuel Gonçalves) e de filmagens procurou captar a essência subaquática destas ilhas. No relatório científico e no documentário resultantes da expedição, apresentados esta quarta-feira à tarde no Oceanário de Lisboa, os cientistas concluem que, apesar de tudo, este ecossistema marinho ainda se mantém globalmente saudável e defendem o aumento da área da reserva natural das Selvagens — para pelo menos 124.500 hectares, em vez dos actuais cerca de 9500.
No documentário, de quase meia hora, a beleza tem lugar de destaque — no …

8 motivos que fazem do polvo o 'gênio' dos oceanos

Imagem
A notícia, divulgada em Abril, de que um polvo conseguiu escapar do Aquário Nacional da Nova Zelândia pode ter surpreendido muita gente. Mas só veio a confirmar o que muitos cientistas já suspeitavam: que essa espécie é uma das mais inteligentes do planeta. Inky, o polvo fugitivo, aproveitou a tampa entreaberta do seu tanque e, durante a noite, conseguiu sair, atravessou uma sala até encontrar um ralo aberto e espremeu-se por um cano de 50 metros de extensão até chegar ao mar aberto. Oito comportamentos já observados nestes animais que ilustram como eles são mais espertos do que pensamos. 1. Capacidade de planear

A psicóloga Jennifer Mather, da Universidade de Lethbridge, no Canadá, estuda polvos desde 1972. Mas foi durante uma pesquisa de campo nas Bermudas, há mais de 30 anos, que ela se deparou com a primeira demonstração de inteligência por parte do animal. Ela observou que um polvo-comum (Octopus vulgaris) caçava caranguejos e os levava para a sua toca para comê-los. Antes da refeição…

Preservar oceanos é fundamental para a manutenção da vida no planeta

Imagem
As Nações Unidas celebraram o Dia Mundial dos Oceanos e chamaram a atenção para os perigos enfrentados pela vida marinha. Cerca de 20 milhões de toneladas de plástico são despejadas anualmente nos mares, ameaçando animais aquáticos e também humanos que se alimentam de frutos do mar.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, alertou no Dia Mundial dos Oceanos – que a preservação dos mares é fundamental para a manutenção da vida na Terra. O chefe da ONU destacou que os oceanos contribuem para a regulação do clima, além de oferecerem recursos naturais e alimentos para biliões de pessoas. “Embora os oceanos pareçam infinitos, a sua capacidade de resistir às actividades humanas é limitada, particularmente porque eles também enfrentam as ameaças colocadas pelas mudanças climáticas”, destacou Ban Ki-moon. Em 2016, as celebrações do Dia Mundial contaram com o tema “Oceanos saudáveis, planeta saudável”. Actividades na sede das Nações Unidas em Nova Iorque e em outras partes do mundo vão …

Operação mar limpo em Lisboa

Imagem
No Dia Mundial dos Oceanos, a Quercus faz uma acção de limpeza de lixo marinho na praia de Algés. O 'mar de plástico' assusta os ambientalistas.

O alerta é do Fórum Económico Mundial que num estudo recente avisou que em 2050 os oceanos poderão ter mais plástico que peixes (em peso). As últimas estimativas apontam para 150 milhões de toneladas de plásticos que circulam hoje pelos oceanos. Os números foram apresentados pela associação ambientalista Quercus no Dia Mundial dos Oceanos. Cármen Lima recorda que nos últimos dias fizeram uma visita à praia de Algés, às portas de Lisboa, e era impressionante a quantidade de plástico e entre todo este plástico a maior parte são cotonetes colocados nas sanitas e que acabam no mar. Fonte: TSF

O “Bom Jesus” estava no fundo do Mar da Namíbia

Imagem
Mineiros da Namíbia descobriram o navio "Bom Jesus" naufragado há quase 500 anos. A equipa de investigação descobriu que o navio terá naufragado no ano 1533, enquanto se dirigia para a Índia.

Mineiros namibianos descobriram um navio português – o “Bom Jesus” – que terá naufragado há quase 500 anos. Dentro do barco estava um carregamento de moedas de ouro que foi avaliado em cerca de 11,5 milhões de euros. A notícia foi avançada pela Fox News, que afirma que o navio foi descoberto quando os mineiros que procuravam diamantes esvaziaram uma lagoa artificial no deserto da Namíbia. Quando foi descoberto o navio, o arqueólogo Dieter Noli afirmou que não era muito surpreendente encontrar ali um navio – a área era conhecida pelos marinheiros como “Portões do Inferno” e há bastantes registos históricos de naufrágios no local. No entanto, o arqueólogo esperava encontrar, no máximo, “uma espada espanhola e um saco de ouro” e afirmou que não estava preparado para encontrar um tesouro daque…

Medlog-MSC e PSA Sines juntaram-se à APS na visita a Talavera de La Reina

Imagem
A convite de Jaime Ramos Torres, Alcaide da cidade de Talavera de La Reina, o presidente da Administração dos Portos de Sines e do Algarve, João Franco, visitou a localidade, sendo acompanhado por uma comitiva composta por representantes da MSC-MedLog e da PSA Sines - a visita realizou-se no contexto da aproximação entre as partes, com vista o estreitamento de relações face ao desenvolvimento da futura plataforma logística de Talavera de La Reina. 
A visita a Talavera de La Reina contou ainda com a presença de várias autoridades e associações empresariais da região, incluindo representantes do Governo Regional e dos Puertos del Estado, indispensáveis ao desenvolvimento deste projecto. O encontro é mais um passo nas conversações iniciais que visam firmar uma cooperação estratégica luso-espanhola capaz de alavancar a concretização da plataforma, que, de acordo com o recente estudo estratégico, tem o potencial desejado para desenvolver o corredor logístico com o Porto de Sines
Assim, o d…

Presidente da República convida China a integrar Porto de Sines na Rota Marítima da Seda

Imagem
Numa entrevista concedida ao jornal do Partido Comunista Chinês, publicada no passado dia 1 de Junho, Marcelo Rebelo de Sousa desenvolveu o tema da integração de Portugal na futura Rota Marítima da Seda, uma iniciativa chinesa que já mereceu a abertura do Porto de Sines, infra-estrutura que, dadas as suas características competitivas e geográficas, está disponível para funcionar como 'gateway' para a Europa - o Presidente da República sublinhou isso mesmo, explicando que Sines encontra-se em busca de investimento.
"Este porto encontra-se numa fase de atracção de investimento e acredito que poderá oferecer inúmeras vantagens a eventuais parceiros chineses", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, abrindo uma porta diplomática rumo a conversações que permitam a integração do Porto de Sines na Rota Marítima da Seda, projecto lançado em 2013 pelo Governo chinês que visa activar novamente a antiga Rota da Seda entre a China e a Europa através da Ásia Central, África e Sudeste As…

Sines confirmado como hub da aliança 2M

Imagem
A aliança 2 M, que agrega a Maersk Line e a MSC, anuncia para o terceiro trimestre do corrente a primeira grande revisão do network no Ásia-Norte da Europa, com a redução de escalas directas e hubs de transhipment. Sines não será afectado.

No espaço de uma semana, primeiro a Maersk Line e depois a MSC anunciaram a revisão da sua oferta no Ásia-Norte da Europa, que resultará numa redução de escalas e na melhoria de tempos de trânsito entre os principais portos. No âmbito da aliança 2M, os cinco serviços semanais passarão a escalar 83 portos, contra os 95 agora tocados. O maior corte acontecerá na Ásia (de 54 para portos) e particularmente no Japão (que perderá três das quatro escalas directas). Com os novos arranjos, os dois parceiros da 2M anunciam poupanças nos transit times entre Ásia e o Norte da Europa que podem chegar aos quatro dias. E Sines? De acordo com a informação disponível, o porto alentejano manterá o seu estatuto de porto de transhipment, a par de Algeciras, Salalah, Dubai …

Canal do Suez corta até 65% nas “portagens”

Imagem
A Autoridade do Canal do Suez (ACS) anunciou ontem um novo pacote de reduções nas “portagens” cobradas aos navios porta-contentores em viagem entre a Ásia e a costa Leste dos EUA. Os descontos variam entre os 45% e os 65%, consoante as origens/destinos.


As reduções serão válidas por 90 dias e seguem-se aos descontos de 30% implementados em Abril e que vigoraram até domingo passado. Então como agora, o objectivo da Autoridade do Canal do Suez é evitar a fuga de navios, seja para a Rota do Cabo (mais longa mas mais barata por causa da baixa do preço do combustível), seja para o “novo” Canal do Panamá, que a partir do próximo dia 26 poderá receber navios de maiores dimensões. Recorde-se, a propósito, que os descontos implementados em Abril não lograram reganhar os serviços que entretanto se mudaram para o Cabo, e que pelo contrário em Maio mais foram os navios que passaram a contornar África por Sul. Apesar disso, o volume de receitas da ACS cresceu ligeiramente no primeiro trimestre do ano,…

“Semana Gastronómica do Mar” anima Armação de Pêra

Imagem
Armação de Pêra recebe a “Semana Gastronómica do Mar” entre 4 e 12 de Junho. A iniciativa envolve 12 restaurantes, com ementas diárias especiais, que incluem todos os produtos marítimos, desde o peixe ao marisco.  Os restaurantes participantes são: Churrasqueira Balbino, Estrela-do- Mar, Marisqueira Hera, O Fernando, O Navegante, O Pelintra, O Silvense, Pôr-do- Sol, Rocha da Palha, O Casarão, Casa d’Ávó e Estrela-do- mar 2. Segundo a Câmara de Silves, que promove o evento, «todos mostrarão a tradição gastronómica desta vila, profundamente associada à pesca e ao mar». Ao longo dos dias, mais precisamente a 4, 5, 10, 11 e 12 de Junho, para além da vertente gastronómica, o evento contará com a animação do Grupo Etnográfico Amigos do Montenegro, que passará pelos restaurantes aderentes, animando os clientes, entre as 12h00 e as 15h00 e 19h30 e as 23h30. No dia 12 de Junho, às 21h00, a Fortaleza de Armação de Pêra recebe o espetáculo de encerramento do evento com “Zeca e os Pelintras”. Às 22h3…

Mulher atacada por crocodilo durante mergulho no Mar

Imagem
Uma mulher foi arrastada por um crocodilo numa praia australiana, enquanto nadava com uma amiga à noite. O corpo continua desaparecido.
Cindy Waldron entrou no mar da praia Thornton, no norte da Austrália, após um passeio nocturno com a amiga, quando o crocodilo a atacou e arrastou para dentro de água, no passado domingo.
A mulher de 46 anos viajou, segundo a imprensa australiana, da Nova Zelândia para a Austrália para celebrar o fim do tratamento de cancro da amiga, Leeann Mitchell.
As duas mulheres estavam dentro de água, que lhes daria pelos joelhos, quando o crocodilo atacou a vítima. Leeann Mitchell ainda tentou puxar a amiga para fora de água, mas sem sucesso.
Uma testemunha do acidente afirmou à imprensa que ouviu uma mulher a gritar. "A amiga correu para um negócio local perto da praia e contou o que tinha acontecido. A partir daí, a Polícia e outras autoridades foram notificadas", reporta o porta-voz da Polícia Russel Parker.
Um bombeiro de Queensland afirmou ainda que um…

Turismo pesa mais na Economia do Mar do que a Pesca

Imagem
Mais de 35% do Valor Acrescentado Bruto das actividades ligadas ao mar são garantidos pelo turismo e recreio. Portugal é o primeiro país europeu a ter uma Conta Satélite do Mar, um projecto do INE.


As actividades económicas relacionadas com o mar significaram 3,1% de toda a riqueza nacional produzida no ano de 2013. E 60 mil empresas deste sector representavam 3,6% do emprego gerado na economia portuguesa no período de 2010-2013.A Conta Satélite do Mar (CSM) é um instrumento estatístico que dá mais detalhes e informações do que os que estão normalmente disponíveis nas contas nacionais, e que permite perceber, por exemplo, que a chamada economia azul já pesa mais na produção de riqueza nacional do que sectores de actividade como as telecomunicações (que pesa 1,9%), a agricultura (1,5%), ou as indústrias de madeira e cortiça (0,6%). E que em termos de emprego tem uma dimensão superior à da industria do vestuário (2,3%) e o fabrico de automóveis e seus componentes (0,8%).A CSM foi elabora…

Centro de Mar inaugura exposição “Um mar de tradições”

Imagem
O Centro de Mar de Viana do Castelo inaugura amanhã, dia 08 de Junho (Dia Mundial dos Oceanos), pelas 17H00,a bordo do navio Gil Eannes, mais uma exposição temática. “UM MAR DE TRADIÇÕES” pretende retratar os diversos usos, costumes e crenças, que um povo construiu e passou de geração em geração, ao longo da nossa faixa litoral, focando-se em quatro temas centrais: as actividades piscatórias, as actividades agro-marítimas, os trajes e as devoções. Através de uma exposição interactiva e dinâmica, o Centro de Mar pretende dar a conhecer e relembrar as várias actividades que o povo do litoral desempenhava nesta área geográfica entre elas a conhecida apanha do sargaço criando um vasto leque de tradições. Esta exposição contou com a colaboração de diversos testemunhos e vivências ligadas ao mar que torna esta mostra mais aprazível e agradável de ser visitável. A entrada é livre e as marcações de visitas guiadas devem ser efetuadas para centrodemar@viana-castelo.pt

Fonte: Rádio Alto Minho/Andr…